quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Ontem ouvi (8)



Ouve-se.
Admira-se.
Vezes sem conta.
“O Cavaleiro da Rosa” ao seu melhor nível.
Christa Ludwig (n.1928), Gwyneth Jones (n.1936), Walter Berry (1929-2000), Lucia Popp (1939-1993) e Placido Domingo (n.1941).
A “Marschallin”, “Octavian”, “Baron”, “Sophie” e o “Tenor” cantados magistralmente em 1971, acompanhados bem à altura pela Filarmónica de Viena, à frente da qual encontramos Bernstein (1918-1990).
E se alguns críticos sempre disseram que o genial maestro não conseguia “retirar” o autêntico Richard Strauss das orquestras que dirigia, penso que nesta gravação Bernstein desmente-os categoricamente, com uma empolgante regência.
Aconselho vivamente.



6 comentários:

pEdrO fIgUEIrA disse...

Não conheço a gravação, mas o "cast" é de primeiríssima água!
Promete. A ver se a ouço!

Paulo disse...

Também fiquei curioso.

Hugo Santos disse...

O que me diz de Crespin/Minton/Jungwirth/Donath/Wiener/Pavarotti/Solti?

geocrusoe disse...

conheço bem a ópera, mas há sempre mais uma forma de a expressar, pelos nomes suspeito que esta deve ser fenomenal, mas não conheço a gravação.

Rui Luis Lima disse...

Caro José Quintela Soares!
Conhecemos a ópera, (vimos no Mezzo), mas não esta interpretação, que deve ser soberba.
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima

José Quintela Soares disse...

Caro Hugo

Sobre a sua proposta, digo que é uma excelente gravação, mas prefiro esta.
Ludwig e Jones....extraordinárias.

Um abraço

Locations of visitors to this page